18 dicas para não deixar a postura nas redes sociais atrapalhar sua carreira

Por 13 de dezembro de 2017Carreira

As empresas estão de olho em informações dos candidatos que vão muito além do currículo. Antes de se candidatar para a próxima vaga, revise seu perfil seguindo os passos a seguir

Uma foto muito reveladora ou um post que você achou engraçadinho podem ser decisivos para a sua contratação em um processo seletivo. Isso porque as redes sociais são históricos de comportamento on-line que ficam disponíveis para qualquer um, inclusive para empresas que querem saber mais dos candidatos que estão participado dos seus processos de recrutamento e seleção para novas vagas.

Para saber o que compartilhar e o que é melhor manter em sua vida privada, conversamos com Renata Mello, consultora de imagem corporativa, que deu algumas dicas pra lá de interessantes. Confira:

1. Entenda que seu perfil não é tão pessoal assim

Com a entrada no mercado de trabalho, seu perfil em qualquer rede social deixa de ser apenas pessoal. Além de aceitar colegas de trabalho, ele também pode ser consultado pelas empresas que querem entender quem você realmente é antes de contratá-lo.

2. Pense na sua marca pessoal

Tenha sempre em mente que o que você vai transmitir nas redes sociais é parte da sua marca pessoal, a impressão que você vai deixar para as pessoas. Então, reflita antes de postar ou compartilhar qualquer conteúdo: que mensagem você está passando?

3. Seu perfil, sua história

Lembre-se: as redes sociais contam parte de sua história. Sendo assim, evite postar muito, expondo-se de maneira excessiva. Outra dica é rever as postagens antigas periodicamente para fazer um balanço de como está a sua imagem nas redes sociais.

Dica: procure seu nome no Google. Faça uma pesquisa on-line buscando seu próprio nome, assim você também saberá, de antemão, o que as empresas vão ver quando fizerem o mesmo processo.

4. Redobre a atenção ao escrever

Escrever com erros de ortografia e gramática não é legal e, quando o assunto é mercado de trabalho, pode ser decisivo. Não adianta mandar bem no teste do processo seletivo e errar no dia a dia.

Dica: deixe as abreviações para as conversas em grupos de amigos, nos perfis on-line é melhor optar pelas palavras completas.

5. Currículo tem lugar

Você já deve ter visto algum perfil no Facebook com todo o histórico profissional de uma pessoa, mas é melhor evitar. Fique à vontade para indicar a área ou empresa na qual está trabalhando nas redes sociais, mas deixe as demais informações para locais mais apropriados, como o Linkedin, rede dedicada ao ambiente corporativo.

6. Gerencie as configurações de privacidade

Toda rede social tem opções de configurações de privacidade. Em algumas, como no Facebook, você pode fechar algumas partes do perfil, dando acesso a elas apenas para quem é seu amigo. Em outras, é necessário colocar o perfil inteiro como privado, como no Twitter e no Instagram.

Dica: se você está disposto a lidar com diferentes contas, uma opção é criar perfis diferentes: um aberto, onde poderá interagir com diferentes pessoas e divulgar seu trabalho, e outro fechado, apenas para uso totalmente pessoal.

7. Faça grupos no Facebook

Se você é um usuário assíduo do Facebook, pode dedicar um tempo para criar grupos entre seus amigos por lá. Assim você pode organizá-los – entre amigos, família e amigos do trabalho, por exemplo –, e no momento de fazer uma publicação escolher quem vai ver o post na linha do tempo. Ótima estratégia se você quer compartilhar fotos de uma viagem ou festa apenas para os mais próximos.

9. Tome cuidado com o que compartilha

Pense bem antes de comentar, curtir ou compartilhar. A interação nas redes sociais é tão dinâmica que às vezes não damos a devida atenção a certos conteúdos com os quais interagimos. Piadas, gifs, montagens, vídeos que parecem ser apenas engraçados podem ser ofensivos. Curtir conteúdo com tom preconceituoso – seja racista, machista, homofóbico ou com qualquer outra maneira de discriminação – é crime. E, além de problemas legais, pode ser decisivo na hora de conseguir um novo emprego.

 10. Não poste links de fontes duvidosas

Muito cuidado com as fake news– as notícias falsas, frequentemente compartilhadas nas redes sociais – e sites com credibilidade duvidosa. Compartilhar links sobre mentiras pode passar uma mensagem de inocência ou até mesmo de má fé, mesmo que não seja essa a intenção.

Dica: para verificar a veracidade do que quer compartilhar, procure a informação na internet em uma fonte mais confiável e conhecida, ou consulte projetos especializados em checar notícias, tais como a Agência Lupa, o Aos Fatos  e o Truco.

11. Escolha quem vai aceitar no seu perfil

É possível não aceitar os colegas de trabalho em seu perfil nas redes sociais, caso ele seja restrito apenas à família e aos amigos mais próximos. Mas atenção, neste caso, é tudo ou nada: para evitar que alguém do ambiente de trabalho se sinta discriminado ou excluído, ou você aceita todos os pedidos ou nenhum.

12. Cuidado com os desabafos

Evite fazer desabafos pessoais ou críticas nas redes sociais, principalmente se estes envolverem a empresa onde você trabalha – ou quer trabalhar –, colegas e clientes.

13. Evite fotos na empresa

Tirar fotos no ambiente de trabalho pode ser permitido, dependendo da empresa, mas fique atento ao cenário antes de postar. Vai que tem um documento importante e sigiloso em cima da mesa ou um quadro com informações importantes logo atrás de você?

Dica: reserve esses momentos de descontração para os intervalos, como o horário de almoço, porque não pega bem ficar postando nas redes no horário em que deveria estar ocupado com tarefas do trabalho…

14. Meme do dia com cautela

Você até pode entrar na brincadeira dos memes que circulam nas redes sociais – desde que não desrespeite ou ofenda alguém.

 15. Observe os horários certos para mensagens

Se você já tem um emprego, sabe que a comunicação no mundo do trabalho via aplicativos como o Whatsapp também é muito comum. Mas lembre-se que é elegante respeitar os horários comerciais, evitando enviar mensagens antes das 9h da manhã e depois das 18h.

16. Tenha uma foto de perfil profissional

A foto de perfil é importante para passar uma mensagem séria sobre você. Em aplicativos de mensagem geralmente esquecemos que muitas pessoas não tão próximas podem ter acesso à nossa foto. Evite imagens com a família ou com óculos escuros, por exemplo.

17. Não interagir nas redes sociais não é a solução

Com tantas dicas, você pode até pensar que o melhor caminho é sair das redes sociais. Calma! “Sumir do mapa virtual” também não é a solução. Pelo contrário, estar presente nas redes sociais é importante nos dias de hoje e, para algumas profissões, é essencial para ter contato rápido com as novidades.

18. Lembre-se: apagar nem sempre funciona

Na internet, o ato de deletar alguma informação nem sempre significa apagar definitivamente. Depois que uma informação é enviada, ela pode ser compartilhada, copiada e sua divulgação fugir do seu controle. Logo, verifique com cuidado se está enviando uma mensagem para o contato certo e de maneira correta.

Deixe um comentário